Choose your language:

Vencendo os desafios do crescimento

Subtitle: 
o método “aprender a crescer”para pequenas e médias empresas brasileiras
Publication Name: 
Navus: Revista de Gestão e Tecnologia
Volume, number, page: 
3:1, pp.6-19
Year of Publication: 
2013
Author(s): 
NORTH Klaus
NETO Emilio da Silva
CALLE Guillermo Dávila
Organization Name: 
Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial
Acronym: 
SENAC
Publisher: 
SENAC
City: 
Florianópolis
Country of Publication: 
Brasil
Full Date: 
2013
ISBN or ISSN: 
2237-4558
Considered Countries: 
Brasil
Alemania
Category: 
Academic articles
Theme: 
Country - European Union
Country - Country
Strategic Partnerships
Academic
Business
Keyword(s): 
Innovation
Small and Medium Sized Enterprises
Triple Helix
Competitiveness
Academic and research cooperation
Aprender a Crescer
Enterprise formation
University research units
Micro Enterprises
Innovation policy
Abstract: 
Na Europa e na América Latina, as Pequenas e Médias Empresas (PMEs) são a fonte de criação de postos de trabalho e desenvolvimento, atuando em economias cada vez mais turbulentas e baseadas em conhecimento. Para manter a sua competitividade, as PMEs precisam superar os desafios do crescimento existentes em mercados cada vez mais competitivos. Assim, elas precisam desenvolver “capacidades dinâmicas”, integrando o seu novo conhecimento, tecnologia e competências para alcançar um crescimento sustentável e qualitativo. Com base em uma identificação e análise de desafios de crescimento no Brasil, este texto apresenta a metodologia "Aprender a Crescer", que foi aplicado com sucesso em PMEs alemãs e está sendo transferido para o Brasil. Os primeiros resultados da sua aplicação no estado de Santa Catarina são aqui relatados. O presente trabalho faz parte de um projeto de pesquisa em andamento financiado pela União Europeia, chamado Sustainable competitiveness of SMEs in turbulent economic and social environments e desenvolvido pelo Programa de Engenharia e Gestão do Conhecimento (EGC), da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), do Brasil; pela Universidad Nacional de Rosário, da Argentina; pela Universidad Autónoma de Madrid, da Espanha e pela Wiesbaden Business School, da Alemanha.
Download document: